sexta-feira, 25 de março de 2011

Toxina botulínica: cuidado!


Entre os tratamentos estéticos que oferecem sutil transformação do rosto e da pele, a aplicação da toxina botulínica figura como uma das substâncias preferidas dos especialistas, quando o assunto é rejuvenescimento facial, por se tratar de uma opção segura para quem deseja amenizar marcas de expressão sem cirurgia plástica. “A toxina botulínica é uma proteína purificada obtida de uma bactéria e pode ser encontrada no meio ambiente como contaminante da água ou em certos alimentos. Essa neurotoxina administrada em doses mínimas, por meio de pequenas injeções nos músculos da face, promove a paralisia muscular, que se reflete num aspecto relaxado e natural”, afirma o Dr. Joaquim Mesquita Filho (CRM-RJ 5259574-7), Membro Efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica-SBCD e Chefe do setor de Cirurgia Dermatológica do Instituto de Dermatologia Prof. Azulay, da Santa Casa da Misericórdia/RJ.

Existem sete tipos de toxina botulínica, A, B, C, D, E, F, G. Porém, para uso estético, a toxina do tipo A é a mais estável e segura para tratar rugas dinâmicas - aquelas que aparecem com a contração muscula r, ou seja, quando elevamos as sobrancelhas, sorrimos ou ficamos zangados. A toxina botulínica também é usada para controlar a hiperidrose, ou seja, a transpiração excessiva nos pés, mãos, testa e axilas. “Entretanto, apesar de todas as toxinas do tipo A possuírem o mesmo modo de ação, há características individuais que as diferenciam de acordo com o fabricante, como por exemplo, a durabilidade da ação e o número de unidades que precisam ser utilizadas em cada procedimento”, diz o especialista.

Existem contra-indicações de uso da toxina botulínica em pacientes que possuem doenças crônicas, que geram fraqueza muscular como a miastenia gravis (doença auto-imune), gestantes, mulheres em período de lactação e pacientes em uso de medicamentos que podem alterar a função muscular, como D-penicilamida e antibióticos como aminoglicosídeos”, alerta Dr. Joaquim.

Várias indicações-Certificada pela Anvisa, desde 2003, pelas boas práticas de produção e segurança de uso, a toxina botulínica tipo A Prosigne, fabricada na China e comercializada no Brasil pelo Laboratório Cristália, apresenta uma excelente duração de efeito que varia de três a seis meses, dependendo do local da aplicação. No tratamento da hiperidrose, o efeito pode durar um pouco mais.

O uso da toxina botulínica vai além da correção de rugas na testa e de linhas de expressão. Ela pode ser usada para correção de estrabismo, blefaroespasmo, espasmo hemifacial, torcicolo espasmódico, distonia cervical, paralisia cerebral , reabilitação muscular e linhas faciais hipercinéticas. Entre as marcas disponíveis no mercado brasileiro, a Prosigne é a única que contém embalagem com 50U. Esta característica proporciona economia com os gastos no tratamento porque possibilita o uso de apenas um frasco para cada paciente, sem desperdício.

Linha Prosigne (toxina botulínica)-A linha Prosigne, distribuída no mercado nacional pelo Laboratório Cristália, é produzida na China, pelo Instituto Lanzhou e está presente em mais de 25 países, como Chile, Colômbia, Rússia, Coréia, entre outros. A toxina botulínica tipo A Prosigne tem a mesma origem que a substância americana: cepa Hall A. Presente no mercado brasileiro desde 2003 alcançou a marca de mais de 146 mil frascos vendidos no país, e foi escolhida pelo governo brasileiro para ser a toxina botulínica distribuída no serviço público para tratamento de diversas enfermidades. Sobre o Laboratório Cristália.

Fundado em 1972, em Itapira, no interior de São Paulo, o Cristália é um laboratório químico-farmacêutico 100% nacional e líder na produção e comercialização de anestésicos e adjuvantes na América Latina, com destaque também nos segmentos de Psiquiatria, Neurologia, Cosmecêutica, Dor e Saúde Masculina. É ainda o único laboratório instalado no Brasil que produz medicamentos para o Programa Anti-Aids e um dos poucos que fornece padrões para indústrias farmacêuticas, como a United States Pharmacopeia. Possui mais de dois mil funcionários, distribuídos por três fábricas e diversos escritórios em várias regiões do Brasil. Sua Divisão Corporis, focada nos mercados estético e dermatológico, comercializa as marcas Teosyal (ácido hialurônico) e Prosigne (toxina botulínica). | www.cristalia.com.br

10 comentários:

Anônimo disse...

Boa noite. Sou de Recife e curso medicina na Faculdade de ciências médicas do estado de PE e estou estudando um caso clínico de MG. Uma dúvida se tornou pertinente: o que gera tamanha variabilidade da força muscular durante o dia? Você poderia me esclarecer? Agradeço desde já, parabéns pelo blog tão produtivo.

Isla Santos

Maísa Alice disse...

Olá, estava pesquisando e achei o seu blog. Quero parabenizá-la pela atitude, muito interessante o seu trabalho aqui, pois poucos são os que que se dedicam a esclarecer fatos e duvidas, a pesquisar e divulgar coias tão interessantes como estas postadas em seu blog. Continue sempre com esse entusiasmo pois isso ajuda muitas pessoas. Te desejo tudo de bom e que vc melhore a cada dia. Deus te abençoe. Um beijo,
Maísa

Dadinha disse...

Olá Bruna há muito tempo que não te visitava é bom saber que está bem e que continua a fazer um trabalho importante para a divulgaçao e informação acerca da miastenia.
Gostaria de criar um blogue de partilha de experiencias e informaçao acerca da Miastenia e de tudo que se relacione com a doença e os miasténicos.
Por favor você tem o contacto da MCC que comenta no seu blog e que é de Portugal?
Se quiser visitar-me pode espreitar meu blog:
http://dadinhahistorias.blogspot.com/
Beijinhos
Edu

Natalliafdc disse...

BRUNA,quando voce estava no estagio inicial da MG vc fez acompanhamento com a fonodiolaga?fisioterapia?
meu medico nao tinha dito nada sobre isso e o processo errado de degluticao desecandiou uma pneumonia,agora faco acompanhamento certinho para evitar novas infeccoes.o que vc acha?

Anônimo disse...

Parabéns pelo seu Blog,convivo há 11 anos com minha amiguinha MG(que deu muito trabalho no começo)mas,hoje graças a Deus, a timectomia realizada neste mesmo tempo e ao Mestinon convivo muito bem com ela.
Porém quando fiz a cirurgia era feita pela incisão no esterno,sofri muito ate descobrirem e graças a um anjo chamado oftamologista que percebeu logo de inicio,mas so fui descobrir quando ja estava com pneumonia e fiquei internada por uns 2 meses ate fazer a eletroneuromiografia(estava tão mal) que nem os choques e as agulhadas eu senti...rsrs.
Afetou tudo não conseguia nem levantar da cadeira quando sentava,diplopia,palptose,dificuldade em deglutição,fraqueza muscular e muitas dores,para levantar o braço era um sacrificio,e olha que tinha apenas 12 anos,mas to aqui firme e forte com 23 anos e muito saudavel....a unica coisa que ainda restou foram a visão dupla,(um oculos de grau)e se ficar muito no sol,ja começo a me sentir mal(fraqueza).

Mas estamos ai para o que der e vier.Ahh esqueci de comentar a doença estava tão avançada que ja estava afetando a respiração e os medicos "deram 4 meses" se continuasse daquele jeito e nao descobrisse ate ir a ventilação mecanica.
Estou eu aqui...e não desanima não,vc pode conviver muito bem com ela desde que não abuse.


Beijos


Qualquer coisa meu email:cinthiagazola@gmail.com.



FELIZ ANO NOVO!

Presmic disse...

Olá anônimo, sobre sua dúvida:

Uma dúvida se tornou pertinente: o que gera tamanha variabilidade da força muscular durante o dia? Você poderia me esclarecer?

São os exercícios repetitivos,a principal causa. Atividades diárias mesmo como andar. Isso acabacausando fadiga durante o dia. Claro que pode existir outros fatores, como algum virus (gripe, por exemplo) estresse, ou outra coisa mais expecifica, mas das atividades diarias ninguem pode fugir. Por isso costumamos cansar durante o dia.

Presmic disse...

Obrigada, Maria Alice, vou voltar com tudo agora! =)

Presmic disse...

Oi Dadinha, estou seguindo o seu blog! Bjs

Presmic disse...

Acho ótimo, Natalia, infelizmente eu não fiz pois ninguém me informou sobre esses procedimentos.

Mariana disse...

Eu nunca colocaria essa toxina no meu corpo em nenhum lugar de dermatologia no rio de janeiro, por mais de que seja confiável, porque mata os músculos.